Papo de Corredor

novembro 24, 2008

Evolução Contínua do Conhecimento

Filed under: desenvolvimento,motivacional — Alan Rafael R. Batista @ 11:22 pm

Estive conversando com algumas pessoas nos últimos dias, um papo de corredor e entre os diversos assuntos mais recorrentes o que mais se repetia era a experiência profissional. Percebo que ainda é confuso o conceito de que tempo é diretamente proporcional a experiência, ou seja, existem alguns que pensam que ter 5, 10, 20 anos de experiência numa determinada empresa faz deste profissional mais capacitado que outro com menos tempo de casa, ou mesmo que um profissional que trabalhe com o mesmo tipo de tecnologia ou na mesma ocupação por muito tempo é melhor do que aquele que de tempos em tempos se especializa em algo novo e com isso aprimora seus conhecimentos.

Penso que trabalhar muito tempo com a mesma tecnologia, linguagem de programação, metodologia de desenvolvimento, o que quer que seja te faz um repetidor eficiente e não um profissional melhor.
Pensamos em evolução de software, de tecnologias, novos paradigmas de programação, mas será que pensamos em aprimorar nossos conhecimentos ou mais além, na evolução contínua de conhecimento. Mas afinal o que seria esta Evolução contínua de conhecimento.

Evolução Contínua de Conhecimento
Tudo que você aprende deve ser somado e integrado ao conhecimento que já possui e caso isto que acaba de aprender ou esta estudando não for relevante deve ser descartado, logo, ao termino de cada ciclo de aprendizado (curso, leitura, workshop), você deveria ter a preocupação de integrar o conhecimento ao que já possui.

– Mas eu já faço isso!

Será? Quantas coisas que aprendeu na faculdade e nem utiliza mais, ou mesmo conceitos de linguagens que programava que você nem se lembra mais.
Pense em profissionais de sucesso que você conhece, a maioria deles utiliza-se de evolução contínua, usam todos os conceitos adquiridos ao longo do tempo, aprimoram o seu conhecimento a todo tempo e reciclam o conhecimento que já possuem.

Por que será que nem todos evoluem continuamente seu conhecimento?

Simples, porque dói, porque dá trabalho e acreditem, alguns acham que é chato, portanto, é mais fácil e mais cômodo ficar na zona de conforto acreditando que o já sabe é suficiente para manter seu salário e seu emprego.

E então, será que estão certos e o mercado estará sempre aquecido, como está hoje?
Eu prefiro acreditar que não, portanto evoluir continuamente e continuar aprendendo sempre, me fazem além de um profissional melhor, uma pessoa melhor.

Este termo Evolução Continua do Conhecimento poderia ser substituído por aprendizado constante, aprimoramento do conhecimento ou qualquer outro nome que queria dar, usei esse por achar mais adequado e mais aderente a mensagem deste post.

Teríamos outros assuntos a tratar neste post, como por exemplo, o (des)aquecimento do mercado de TI, ou falar mais sobre o repetidor eficiente, mas por enquanto vamos aguardar sua opinião sobre a evolução continua do conhecimento.

Anúncios

5 Comentários »

  1. Opa! Assunto bem relevante, mano…

    Sempre me preocupei com a evolução do meu conhecimento, com meu aprimoramento profissional, tanto em termos técnicos quanto sociais. Creio que aprimorar nossas habilidades, tais como saber ouvir, expressar, escrever, convencer, é totalmente fundamental.

    Comentário por Leandro Silva — novembro 25, 2008 @ 1:04 pm | Resposta

  2. […] para indicar o post de um amigo de trabalho sobre evolução […]

    Pingback por Estou de volta!!! | CØdeZØne! — novembro 25, 2008 @ 1:26 pm | Resposta

  3. Yo!

    Tb sou forte adepto da E2C (não te falei q eu era bom para nomes??).. Digo que E2C para a realidade tecnológica q vivemos hoje é o básico do básico.. Quem não tiver essa postura certamente será esmagado.. e como não tenho teto de aço.. continuo correndo contra o maldito relógio!

    Porém essa é uma prática que não se aprende nas cartilhas e tão pouco na faculdade.. Como um amigo meu dizia: “Está no seu DNA”!!!!

    []’s
    -l30-

    Comentário por LeoLuz — novembro 26, 2008 @ 10:45 pm | Resposta

  4. Com certeza vc tocou em vários pontos que fazem a gente parar pra pensar em como chegamos até aqui, até onde queremos chegar e como queremos chegar. Lembro de um professor na faculdade que disse uma vez q todos devemos parar periodicamente (a cada 5 anos) e nos fazer esse questionamento q citei acima, mas vou bem além, pois 5 anos é muito tempo, devemos fazer isso diariamente, procure sempre acabar o meu dia e me fazer as perguntas: “O q eu aprendi de novo hoje?”, “Quais foram as lições aprendidas?” e “O q fazer para melhorar?”.

    Comentário por Fabio Morais — novembro 27, 2008 @ 8:23 am | Resposta

  5. @Leandro
    Saber ouvir e se expressar é fundamental na nossa área… uma das competências que temos que ter é motivar pessoas, já conversamos sobre isso.

    @LeoLuz
    Boa… Acho que vou até editar o post e lançar essa.. muito boa E2C!

    @Fabio Morais
    Onde chegamos e até onde podemos chegar esta diretamente ligado a isso… concordo com você que seu professor esta um tanto equivocado pensando que um ciclo aprendizado deveria ser avaliado em 5 anos… acrescento mais uma pergunta a sua lista: Oq aprendi ontem que me foi útil hoje? (totalmente incremental)

    Comentário por Alan Rafael R. Batista — novembro 28, 2008 @ 12:08 am | Resposta


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: